Três projetos desenvolvidos pelas empresas WEG Equipamentos Elétricos, Magneti Marelli Cofap e Whirlpool Latin America serão apresentados como cases de destaque no dia 12 de junho na XII Conferência Anpei, que se realiza de 11 a 13 de junho em Joinville, Santa Catarina. A Magneti Marelli Confap vai apresentar o case “Desenvolvimento de um sistema de amortecimento semiativo: um projeto internacional do Grupo Magneti Marelli”. A WEG vai falar sobre o projeto “Metodologia de Desenvolvimento da Plataforma de Motores W22”. A Whirlpool mostrará o case “Inverse Viva – Sustentabilidade, tendência que virou realidade”. O case da Magnetti Marelli Cofap trata do desenvolvimento de sistemas de amortecimento semiativos ou inteligentes. Sensores aplicados em diversas partes do veículo permitem que se altere em segundos as forças de amortecimento atuantes sobre a suspensão do automóvel, melhorando a estabilidade e o conforto. O projeto foi feito por uma equipe multidisciplinar envolvendo engenheiros de vários países. A concepção do sistema mecânico foi brasileira e o sistema eletrônico foi desenvolvido na Itália. Os sistemas semiativos de amortecimento começaram a ser produzidos em 2009 e já foram implantados em duas séries de veículos Fiat na Itália. A empresa está trazendo também profissionais da Itália para apresentar esse projeto na XII Conferência Anpei. A WEG vai apresentar na XII Conferência Anpei o desenvolvimento de uma plataforma de motor elétrico de indução com maiores níveis de eficiência que serviu de base para cerca de 150 linhas diferentes de motores produzidos pela empresa. Com o desenvolvimento da nova plataforma, a WEG passou a fabricar motores com menores níveis de ruído. Para chegar a essa inovação, a equipe de P&D inovou no sistema de ventilação e eletromagnético, e no design. Em paralelo, desenvolveu um novo processo de fundição de carcaças de ferro fundido para fabricar os novos motores com carcaças diferenciadas. A nova linha de produtos, a W22, é responsável hoje por 55% do seu faturamento. A Whirlpool Latin America vai mostrar a linha de refrigeradores Viva, equipada com compressores de capacidade variada desenvolvidos pela Embraco que aumentaram em 25% a eficiência energética do produto em comparação com os convencionais. Outra inovação no campo da sustentabilidade: o Viva é composto por 80% de materiais recicláveis. A empresa inovou no desenvolvimento da logística de coleta e reciclagem dos produtos que serão substituídos pelos refrigeradores Viva. A empresa trabalhou em parceria com a rede de supermercados Wal-Mart.