O programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal, firmou acordo com a empresa de aviação Embraer para oportunidades de estágio a bolsistas de graduação sanduíche, quando o estudante faz parte do curso em outro país. O contrato, com duração de três anos, disponibilizará pelo menos 20 vagas por ano. Os estágios, em sua maioria para alunos da área de engenharia, terão duração de até três meses nas unidades da empresa nos Estados Unidos, França e Portugal. Este é o primeiro acordo assinado com a Embraer que tem o objetivo de apoiar e fortalecer a formação e capacitação dos bolsistas do Ciência sem Fronteiras. Outras parcerias como esta serão assinadas pelo Programa ainda neste ano com empresas de telecomunicações, de extração de gás natural e petróleo, de infraestrutura e indústrias de base, entre outras. (Com informações do MCTI)