21/06/2018

No Momento USP Inovação desta semana, o professor e coordenador do Inova USP, Luiz Henrique Catalani, fala a respeito das pesquisas desenvolvidas pelo novo centro de inovação da Universidade e a promoção de um espaço integrador, com laboratórios de iniciativas inter e multidisciplinares.

“A inovação está no DNA da USP.” Segundo Catalani, o Inova USP possui a pretensão de ser um polo de ensino e empreendedorismo dentro da Universidade, projetado para a sociedade e podendo cooperar com setores públicos ou privados, nacionais ou internacionais, diferente da intenção da Agência USP de Inovação (Auspin), que coordena e regulamenta os diversos atores de inovação.

A pós-graduação estará diretamente ligada aos projetos de pesquisa coordenados pelos docentes. Contudo, a graduação também será contemplada com cursos sediados no Inova, como o de Ciências Moleculares, que estará integrado em um ambiente de inovação.

O centro trabalhará com quatro núcleos de pesquisas multidisciplinares: o Pasteur, que estabelecerá um braço na USP para desenvolver pesquisas em doenças infecciosas, o Laboratório de Games e Soluções Digitais (Pateo), Laboratório de Biologia Sintética e Sistemas (S2B Lab) e Soluções Inovadoras para Pesquisa Interdisciplinar (Iris).

O prédio do centro de pesquisa está localizado na Cidade Universitária.