08/03/2018

Ter informações corretas sobre as entregas fiscais passou a ser quesito ainda mais fundamental com a chegada do Bloco K, obrigatoriedade que irá reunir eletronicamente o livro de Registro de Controle da Produção e do Estoque e que entrou em vigor em janeiro de 2017. Para apoiar as indústrias na manutenção do seu compliance, com dados precisos e de forma simplificada, a Totvs lança o Cockpit de Custos, solução que atua como uma central para a gestão de custos das empresas.

Reunindo as informações em um único ambiente, o Cockpit apresenta novas visões e rotinas para análise do pré ao pós, e ainda disponibiliza recursos facilitadores para a análise e o acompanhamento da produção. Dessa forma, a solução consegue reduzir entre 30% a 50% do processo como um todo.

Na etapa de pré-fechamento, o sistema atua no monitoramento das principais dores do segmento, como as movimentações de estoque incorretas e as faltas de apontamento de produção, de consumo de material adequado e de mão de obra. O objetivo é antecipar a identificação de possíveis problemas que possam surgir durante a execução e os corrigir antes que haja retrabalho e perda de tempo.

Por exemplo, se houver uma distorção ou falha no consumo de materiais, o produto final apresentará valores incorretos – tipo de erro que, normalmente, só é visto no pós fechamento. Já com o Cockpit, é possível identificar inconsistências ainda durante a etapa prévia. Isso permite uma visão de todas as ordens de produção e os possíveis problemas que possam acontecer, para que sejam corrigidos sem a necessidade de se refazer o processo.

Para realizar o fechamento rapidamente, a tecnologia foi desenvolvida com inteligência para considerar apenas os itens movimentados no período corrente, otimizando muito a performance na rotina de cálculo do preço médio. Ao final da execução, o Cockpit apresenta de forma agrupada as inconsistências (ACT´s) por meio de dashboard unificado e estruturado de acordo com o tipo de problema. Dessa forma, não é necessário procurar as informações em inúmeras páginas, passando a obter a análise dos resultados de forma mais rápida e simples para a tomada de ações corretivas para os próximos períodos.

Nessa etapa de pós-fechamento, o gestor consegue ter diferentes visões reais sobre os resultados da produção, como quais variantes fizeram um produto custar mais ou menos em determinado período, a análise detalhada de toda a movimentação de itens, simulações de custos, evolução e distorção do preço, além do comparativo entre o previsto e o realizado.

O Cockpit ainda permite às empresas incluírem outros programas específicos ou próprios no seu ambiente, de forma integrada e garantindo a centralização de todas as rotinas do processo de fechamento.

“A nossa especialização vem para, cada vez mais, solucionar dores e necessidades particulares de cada tipo de negócio. Com o Cockpit de Custos, buscamos facilitar o dia a dia das indústrias, garantindo que realizem as suas entregas fiscais de forma correta e simplificada, para, inclusive, poderem buscar as correções no tempo ideal, sem impactar a sua produção”, comenta Angela Gheller Telles, diretora dos Segmentos de Manufatura e Logística da Totvs.

(ItFórum 360)